GUIA BÁSICO DE TRANSIÇÃO CAPILAR

2
14462821_1271001412946812_1842175948125104809_n

De volta ao natural…

Quando usamos química e queremos recuperar o cabelo natural existem dois caminhos.

1º. Cortar a parte com química (BIG CHOP)

guia transicao 1

 

2º. Cortar aos poucos.

O período de crescimento, desde que se toma a decisão de parar de alisar o cabelo até o último corte, quando eliminamos a química toda, chama-se fase de transição.

DSC04105

Não há outro remédio quando se altera a estrutura do fio com química além de cortar. É ilusão achar que a química sai do fio com outros produtos. O que é oferecido no mercado hoje como opção, é uma espécie de permanente.  A questão é: pra que parar de usar uma química e partir pra outra? Além disso,pode danificar ainda mais o fio e, se o produto usado nesse processo tiver base química diferente da base do alisante, pode causar corte químico. Por que correr esse risco?

 

Quero usar meu cabelo natural, qual o próximo passo?

Se você quiser fazer o big chop, o próximo passo é tratar, tratar e tratar.

Se você escolheu passar pela transição, além de tratar precisa aprender a conviver com o fio com duas texturas. A textura natural e forte do fio, que vai crescer, e a parte com química.

É preciso ter paciência e amor para passar pela fase de transição, até porque, em algum momento,a paciência acaba e o amor é que nos faz continuar.

Estou na transição… E agora???

Bom, temos que aprender a tratar o cabelo. Precisamos hidratar, hidratar e hidratar.

Todo cabelo precisa de cuidados, mas quando estamos na transição, passamos por vários problemas além da necessidade de tratamento. O fio com química é fraco, e pode se partir, causando quebras. Por isso processos de tração como escova não são indicados.

 

3º. Tratamentos/ Produtos

A hidratação é vida pro cabelo. O cabelo crespo é naturalmente seco e quebra facilmente quando não há retenção de água. O ideal é que se faça hidratação pelo menos duas vezes por semana.

Um aliado forte para ajudar a definir o cabelo é a glicerina vegetal. Cremes para pentear com glicerina possuem maior poder de definição para os cabelos cacheados e crespos. Portanto, aprender a ler a composição dos produtos nessa fase ajuda muito! Para usar qualquer produto com glicerina, é importante que o cabelo esteja bem molhado. Fica a dica!

Eu comento sempre que, cada cabelo, uma sentença, porque o creme que funciona pra mim, pode não funcionar pra você. É importante testar e ter paciência! Temos vários produtos novos desenvolvidos para quem está em transição. Faremos outro post sobre isso, ok?

Dica de ativador:

Na minha fase de transição, eu aprendi a fazer um ativador de cachos que me ajudou muito.

Aloe-vera-500x325-500x325

Eu usava antes do leave-in. Segue a receita:

01 folha de babosa (ou 100 ml de suco puro de aloe vera)

100 ml água

02 colheres de condicionador

10 gotas de óleo vegetal

02 gotas de óleo essencial

02 colheres de chá glicerina vegetal (se for de farmácia a metade)

Umas gotinhas de vinagre de maçã (opcional) o vinagre ácido ajuda a cachear o cabelo.

Tirar o gel da folha de babosa, cortando as laterais, puxando um dos lados da folha. Raspar o gel do miolo.

Colocar tudo no liquidificador e bater.

Coar em uma peneira (eu uso o coador de pano)

Colocar no borrifador.

Usar com o cabelo bem molhado antes do leave-in.

Benefícios: Hidrata eajuda a cachear o cabelo na fase de transição;

Importante: Não use se você tiver algum tipo de alergia a babosa (Aloe Vera)

 

Umectação com óleo vegetal

A umectação, que nada mais é que envolver o fio do cabelo em óleo vegetal, é um aliado fantástico do cabelo crespo. Dá um UP maravilhoso na raiz e retém a hidratação no fio. A massagem com óleo de rícino e óleo essencial de alecrim trata o couro cabeludo e estimula o desenvolvimento saudável do fio e couro cabeludo por ser bactericida. O óleo deve ser 100% vegetal. Claro que, para o óleo reter hidratação, o cabelo precisa ter sido tratado antes.

Exemplo de umectação nos fios com a querida Rosângela José da Silva

 

Manteigas vegetais desempenham o mesmo papel do óleo. Maravilhosa por sua composição, é importante que seja 100% vegetal.

O vinagre de maçã por sua acidez fecha a cutícula do fio e ajuda a definir o cabelo. Pode-se usar uma vez por semana diluído em água no último enxague do cabelo. A medida é 01 colher de sopa para 01 copo de água.

Finalização:

Outro desafio é arrumar o cabelo nessa fase. Uma parte do cabelo natural, a outra esticada pela química…

Não é aconselhável fazer escovas e pranchas. Danificam o cabelo.  Vou fazer outro post  sobre esse assunto,ok?

Opiniões externas:

As pessoas têm tendência a tentar te influenciar a ser como elas. Ou seja, se você está em um ambiente onde as pessoas fazem relaxamento, elas vão querer opinar na sua decisão. Cabe a você se manter firme no caminho que escolheu. Pode ser que você escute comentários maldosos tipo: “quando você vai arrumar esse cabelo”! Comentários que, dependendo do seu estado de espírito no dia, podem te magoar. Nesse momento é bom ter um amigo para desabafar. Participe de grupos onde existam pessoas que estão ou que já passaram pelo mesmo processo que você. Conhecer histórias, ver que você não está sozinha nessa luta vai renovar o seu ânimo.

Expectativa:

O cabelo natural é único. Ninguém vai ter o cabelo exatamente igual ao seu. No máximo será parecido com o seu. Isso quer dizer que sua beleza será única. É normal que a gente imagine como o cabelo vai ficar, mas o mais importante é o processo da redescoberta.

Quanto tempo leva a transição?

Depende de quanto tempo você vai levar para ter coragem para cortar a parte com química. Quando você percebe a parte natural ficando bonita, crescendo, a ansiedade e a coragem aumentam. Até chegar o dia da vitória!!!

Álbum:

Crie um álbum virtual, atualize as fotos toda semana. O cabelo muda e a gente não percebe no espelho. Na transição é comum a gente achar que tudo está ruim.

Acessórios:

Use e abuse!

 

Assumir o cabelo crespo/cacheado também é uma forma de autoaceitação. Vai além do espelho. Reflete na alma. Lembrando sempre que tudo é questão de escolha. O importante é que você seja feliz do seu jeito.

7e420158a5cca4042e34619e77ee37d4

Bjs

Eli

 

 

 

 

Sobre o autor

Eliane Serafim

Eliane Serafim é mulher negra, terapeuta capilar (Cabelo e Bem Estar), empreendedora social e criadora do Encrespa Geral, criadora e administradora da comunidade e grupo Amigas Cacheadas no Facebook.

2 comments

  1. Thais 20 março, 2017 at 11:53 Responder

    Amei as dicas! Principalmente a receitinha de ativador! Por quanto tempo posso armazenar? Uma semana? Pode ficar fora da geladeira?

Colocar um novo comentário